15 de outubro de 2015
Conhecendo Cabo Frio

Por ai: Descobri Cabo Frio

Dia 12 de outubro eu e o meu boy magia fizemos 3 anos de namoro, e para aproveitar o feriadão, resolver comemorar todo esse tempo aturando um ao outro, em Cabo Frio. Eu nunca havia ido para Cabo Frio, aliás, só sai do Rio de Janeiro para ir à Arraial do Cabo e Saquarema, que são outras cidades litorâneas aqui do Estado, e para Orlando. Fora isso, minha vida é resumida ao Rio – êta pessoa mal vivida.

Impressões sobre a cidade: Apaixonante. Fiquei simplesmente encantada com o lugar, é realmente lindo! Eu imaginava que era uma cidade mais no estilo de interior, sem muitas coisas para se ver e fazer além da praia (como é Saquarema, por exemplo), e felizmente fui MUITO surpreendida. Além das praias maravilhosas, diga-se de passagem, o centro é bem completo e variado, com muitas opções e ótimos restaurantes, as praças são puro amor e a feirinha… Ah, a feirinha… Melhor coisa da Terra. É uma mistura de “cidade grande” com “cidade do interior”, entende?

Eu voltava para a minha pousada quase uma hora da manhã e ainda tinham crianças brincando pelas pracinhas! Por aqui as crianças nunca vão para pracinha nenhuma. Eu amo esse clima e esse estilo de vida. A cidade estava bem cheia graças ao feriado, e eu não sei foi por isso que todo lugar me pareceu muito vivo.

É sempre muito fugir um pouco da rotina não é? E além de termos ido para comemorar uma data muito especial, foi a primeira vez que “viajamos” sozinhos (entre aspas mesmo pois fomos só ali do lado e por poucos dias hahahaha), então imaginem nossa animação. A pousada em que ficamos era ótima, com atendimento bom e funcionários atenciosos.

A única coisa chata foi chegar lá. Levamos sete horas em um trajeto que deveria levar apenas duas, tudo graças ao lindo trânsito. Acabamos perdendo algumas horas preciosas que poderiam ter nos rendido mais tempo para curtir a cidade e as praias, mas mesmo assim foi tudo lindo e amazing hahahahaha. Os dias foram maravilhosos e aproveitamos bastante.

Recomendo muito para quem quer tirar uns dias para descansar e esquecer da vida. Vale a pena e o custo é super amigo do bolço hahahaha. Já estou doida para voltar para lá, planejando para, quem sabe, o carnaval. Deve ser fucking good!!!


6 de outubro de 2015
Flickr: Fotos da Jana Martish

Pelo flickr: Jana Martish e o amor

O flickr é uma das minhas redes sociais favoritas, pelo simples motivo de: fotografias. Eu amo muito, MUITO, fotografias. Elas são completamente inspiradoras. É um momento eternizado onde apenas aqueles que ali estavam presentes conseguem entender o seu valor, mas que mesmo assim as demais pessoas conseguem criar e imaginar sentimentos, situações e explicações para elas. Elas nos mostram um olhar único, que é porém, interpretado por cada um que as vê de uma forma diferente. Uau, não é? Hahaha. Por isso farei essa tag aqui no blog, aonde só irei trazer fotos que considero valer a pena, relacionadas a um tema ou não, para deixar o dia de vocês mais lindo e inspirador :3

As fotos de hoje são da Jana Martish, uma fotógrafa incrível que faz fotos m a r a v i l h o s a s. Dentre diversas fotos e estilos, escolhi essas que retratam um casal (ela e o boy magia dela, acredito). “Mas por que de casal Clara?”, porque, querido leitor, mostram o amor na sua forma simples, delicada, natural e até mesmo cotidiana. Mas que mesmo assim, percebemos sua intensidade e sinceridade.

Outra interpretação minha, um pouco pessoal eu acho, pensando de acordo com a sequência das fotos é que mesmo com o tempo, com o cotidiano, com a rotina e com a mesmice, amor quando é realmente amor (e não só uma paixão) também tem seus momentos de diversão, aventura, emoção, romantismo e até de frio na barriga… Só são um pouco mais raros por estarem misturados a outros diversos momentos e sentimentos. Para mim, essa é a graça de um relacionamento verdadeiro e recíproco.

E vocês, o que acharam das fotos dela? Me conta ai!!


Página 2 de 3123