19 de Janeiro de 2016
Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Sabe aquele tipo de pessoa que não tem talento para nada? Sou eu, prazer. Existem mais coisas que não sei fazer, do que coisas que eu sei fazer. Manual então… Vish. E bom, desenhar é uma delas. Aliás, é a decepção pessoal da minha vida. Sou apaixonada por desenhos e eu com certeza seria muito feliz trabalhando como ilustradora, mas não tenho esse dom e essa é a vida. O que me resta então é ficar namorando o trabalho alheio por aí, e acredite, é uma das coisas que mais faço ao abrir o google chrome.

Eis que numa dessas conheci o trabalho da Nidhi Chanani, uma indiana com um traço muito lindo e fofo, que procura mostrar em cada ilustração gestos simples de amor, que acabamos deixando passar com a correria do dia a dia. Na mesma hora que vi o primeiro desenho já salvei nos favoritos, amei. Sou completamente fã desse tipo de momento sabe? Simplicidades cheias de grandes significados… É algo bem pessoal que carrego comigo e uso como guia na vida! E sei muito bem que em relacionamentos longos (não digo só de namoro e sim qualquer tipo de relação), o cotidiano influência a deixar isso de lado. Consequentemente, a relação entra no modo automático e tudo acaba perdendo a graça.

Nidhi mostra que no meio de todo “vamos logo, tenho hora” há espaço para apreciar pequenos amores.

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Ilustração: O amor nas pequenas coisas

Eu não sei vocês, mas me vi em várias dessas situações e quando terminei de ver os desenhos me peguei com um grande sorriso no rosto. Percebi que ando deixando muita coisa passar sem dar o devido valor, e olha que eu valorizo muito a simplicidade hein, como eu falei lá em cima! Imagina se não… Meu objetivo agora é tentar levar a vida com mais calma e menos estresse e sempre prestar muita atenção em tudo que acontece ao meu redor. As vezes, um simples olhar pode significar mil e uma coisas! 😉 Mais um execício diário, challenge accepted!

Por mais trabalhos assim, o mundo está precisando.


6 de outubro de 2015
Flickr: Fotos da Jana Martish

Pelo flickr: Jana Martish e o amor

O flickr é uma das minhas redes sociais favoritas, pelo simples motivo de: fotografias. Eu amo muito, MUITO, fotografias. Elas são completamente inspiradoras. É um momento eternizado onde apenas aqueles que ali estavam presentes conseguem entender o seu valor, mas que mesmo assim as demais pessoas conseguem criar e imaginar sentimentos, situações e explicações para elas. Elas nos mostram um olhar único, que é porém, interpretado por cada um que as vê de uma forma diferente. Uau, não é? Hahaha. Por isso farei essa tag aqui no blog, aonde só irei trazer fotos que considero valer a pena, relacionadas a um tema ou não, para deixar o dia de vocês mais lindo e inspirador :3

As fotos de hoje são da Jana Martish, uma fotógrafa incrível que faz fotos m a r a v i l h o s a s. Dentre diversas fotos e estilos, escolhi essas que retratam um casal (ela e o boy magia dela, acredito). “Mas por que de casal Clara?”, porque, querido leitor, mostram o amor na sua forma simples, delicada, natural e até mesmo cotidiana. Mas que mesmo assim, percebemos sua intensidade e sinceridade.

Outra interpretação minha, um pouco pessoal eu acho, pensando de acordo com a sequência das fotos é que mesmo com o tempo, com o cotidiano, com a rotina e com a mesmice, amor quando é realmente amor (e não só uma paixão) também tem seus momentos de diversão, aventura, emoção, romantismo e até de frio na barriga… Só são um pouco mais raros por estarem misturados a outros diversos momentos e sentimentos. Para mim, essa é a graça de um relacionamento verdadeiro e recíproco.

E vocês, o que acharam das fotos dela? Me conta ai!!


Página 1 de 212