Todos os posts da categoria "tagarelando"

4 de dezembro de 2015
Vale a pena compartilhar #1

Vale a pena compartilhar #1

A internet é uma preciosidade cheia de coisas incríveis não é mesmo? Têm certas coisas que eu vejo e minha vontade é de sair divulgando para todo o mundo, não consigo guardar só para mim, não dá! Mas eu não conheço todo o mundo, então compartilho com três ou quatro pessoas no máximo. Bom, agora vou compartilhar aqui também! E aos invés de três ou quatro pessoas, será seis ou sete hahahaha, e tá muito bom.

  • Primeiramente… Já viram o teaser trailer de Guerra Civil? Não??? WHAAAT! Meu Deus, então faça um favor a si mesmo e veja, por favor. Melhor filme de 2016 sim, ou claro? Hahaha. Estou contando os dias <3

“Sinto muito Tony, sabe que eu não faria isso se tivesse opção. Mas ele é meu amigo” 
“Eu também era”
UIIIIIIIIIII!

  • Esses dias têm rolado uma hashtag muito boa pelas redes sociais da vida, a #meuamigosecreto. Com ela, mulheres maravilhosas fazem críticas de situações e atitudes machistas na forma de indiretas. De uma forma muito sutil e com toda a delicadeza do mundo, estão dando vários tapas na cara de muita gente. Se tu ainda não viu, procura aí vai!

Vale a pena compartilhar #1

Vale a pena compartilhar #1

  • Dai você olha essa imagem e pensa “q isso”, e eu explico… É o trabalho TOP do Jati Putra Pratama. Ele posta várias imagens surrealistas no instagram dele, uma melhor que a outra. Olhem lá, é incrível.

Vale a pena compartilhar #1

  •  Por um acaso do destino, conheci o blog Twolia e foi amor a primeira vista. Gente, Julia é a melhor pessoas que já me deparei nessa internet. Bater uma papo com ela deve ser muito bom, eu com certeza forçaria amizade se eu a conhecesse hahahaha. E o blog dela é muito bom justamente por ser claramente a CARA dela! Eu nem a conheço e a sensação que tenho é que estou realmente a ouvindo falar. Super recomendo gente, sério ❤

Vale a pena compartilhar #1

E por último, porém não menos importante, vocês já viram o layout que disponibilizei por aqui a um tempinho? Ele está bem clean e fácil de editar! E fiz com todo o meu core ~cara de fofa~. Deem uma olhadinha aqui hihi!

E é isso! Mas e vocês, o que me contam de bom?


19 de outubro de 2015
Texto: Por que eu sou assim?

Texto: Por que eu sou assim?

É na melhor parte do sono que o despertador toca. Droga! Já são 05h30min da manhã.
Antes de levantar fico alguns minutos rolando na cama e me perguntando o porquê de ter que ir para a faculdade há essa hora. Mas a responsabilidade sempre fala mais alto e acabo levando da cama, rumo ao banheiro, tal qual um zumbi. Como eu odeio acordar cedo.

Em meio ao banho, a troca de roupa e o café da manhã, vou listando mentalmente tudo que preciso fazer durante o dia. Todas as tarefas, as atividades e os compromissos firmemente salvos no meu HD interno. Inclusive penso em anota-los em um caderninho, mas é claro que acabo esquecendo. Sempre confio demais na minha memória e sempre acabo me ferrando de alguma maneira.

Saio de casa em direção ao ponto, pronta para pegar mais um ônibus lotado. A rua ainda está um pouco deserta devido ao horário e o frio gelado da manhã é o que consegue me despertar. Pego o meu transporte particular que divido com mais umas 70 pessoas, e sigo em direção a mais um dia.

Faculdade, aulas ótimos, bate papo com os amigos. Trabalho, serviços chatos e colegas mesquinhos. Nada fora do comum. Então me lembro das tais tarefas que eu havia para fazer hoje, mas, para quê fazer agora? Ainda tenho o dia todo. Daqui a pouco faço. E o dia passa como outro qualquer.

Às 19 horas da noite, me preparo para voltar para casa. Mais alguns ônibus lotados, mas dessa vez o trânsito resolve aporrinhar. Estou cansada e morta de fome, só consigo pensar em comer e ir dormir. Pena que ainda tenho que fazer aquele trabalho da aula de “redação publicitária I” que enrolei três semanas para fazer.

Chego em casa, tomo banho, como qualquer besteira, bato um papo com minha mãe e fico alguns minutos mimando minha cachorra. Então sento para fazer o tal trabalho… E opa! Notificação no face, vou olhar rapidinho o que é. Quando vejo já estou rolando pelo feed. “Ok, agora preciso focar”, penso. Então escuto uma notícia no jornal que está passando na tv da sala e decido que preciso twittar sobre. Mais uma vez, me pego olhando o feed, mas dessa vez do twitter. Depois de ter enrolado mais um pouco, finalmente me concentro em meu trabalho. “Tec tec tec tec tec tec” e depois de mais alguns “tecs” termino o texto de duas páginas. Está lindo, com certeza vou tirar uma boa nota.

Finalmente deito na cama. Antes do sono chegar sempre tem aquele borbulho de pensamentos aleatórios não é? Penso na história do livro que estou viciada, penso na última viagem que fiz com meu namorado, penso em respostas melhores que eu poderia ter dado em uma discussão com um amigo e… Não acredito que deixei de marcar mais uma vez o exame que estou a quase um mês enrolado para marcar! Esqueci também que tinha que ter passado no pet shop para comprar os ossos da Lola, e que eu havia marcado de almoçar com a Mari, e de ligar pro Buffet para acertar os detalhes da festa de sexta, e de passar na costureira para pegar a calça que já está lá a uma semana… Droga, esqueci de tudo! Por que eu enrolo tanto meu Deus? É minha memória ou será só a preguiça mesmo?

Eu deveria ter anotado tudo no caderninho quando tive a chance.


Página 4 de 6123456